Ranking do melhor mel de manuka de 2020

0
143

O mel Manuka é um tipo especial de mel que é produzido apenas na Nova Zelândia e acredita-se que tenha propriedades antibacterianas, anti-inflamatórias e antioxidantes que podem ajudar a curar feridas e tratar problemas gastrointestinais.

Ao contrário do mel normal, a presença de proteínas especiais no mel manuka confere uma cor escura e caramelo e um sabor mais rico do que outros tipos de méis ou adoçantes.

Essas proteínas e outros compostos biologicamente ativos das abelhas da Nova Zelândia que fazem esse mel são os que lhe conferem os benefícios à saúde pelos quais é conhecido.

Encontrar o mel de manuka de qualidade pode ser difícil – com seu rápido crescimento em popularidade, existem alguns fornecedores inescrupulosos que vendem mel de manuka adulterado com xarope, e nem todos os produtos de mel de manuka têm a mesma potência.

Felizmente, nossa equipe de pesquisa classificou e analisou o melhor mel de manuka autêntico no mercado.

Rankings

1. Wedderspoon Raw Manuka Honey

Verifique o preço na Amazon

Wedderspoon Raw Manuka Honey não é pasteurizado e garante que pelo menos 75% de sua contagem de pólen é da árvore de manuka.

É importado diretamente da Nova Zelândia, e os usuários consideram particularmente útil para infecções, doenças e problemas de estômago. Em quase 18 onças por contêiner, um frasco vai durar um bom tempo.

Graças à sua pureza e tamanho, é a nossa melhor escolha.

2. Médico Manuka

Verifique o preço na Amazon

O Manuka Doctor é colhido em Auckland, Nova Zelândia, e importado diretamente para os EUA. É o favorito dos entusiastas da apiterapia, que usam produtos como mel cru e geléia real para tratar uma variedade de doenças físicas e mentais.

A jarra de 8,75 onças é conveniente para usuários ocasionais e pessoas que não querem nem um quilo de mel ou mais, sentados.

3. Mel cru de Kiva Manuka

Verifique o preço na Amazon

O Kiva Manuka Raw Honey vem em uma jarra de tamanho médio de 8,8 onças e é proveniente das regiões costeiras mais remotas da Nova Zelândia. É especialmente popular entre as pessoas que o usam para tratar bolhas, infecções e feridas.

4. 100% Pure Manuka Honey da Nova Zelândia

Verifique o preço na Amazon

Este produto de mel manuka é apreciado por seus usuários por suas propriedades anti-inflamatórias e sua potência antibacteriana. Ele tem boa pontuação em testes químicos de potência antioxidante, o que explica seu sucesso no tratamento de condições inflamatórias.

5. Manuka Health Manuka Honey

Verifique o preço na Amazon

Saúde de Manuka O mel de Manuka é um mel que vem em um pote de 8,8 onças e é elogiado por seu conteúdo de metilglioxal, que a empresa afirma ser o ingrediente principal do mel de manuka.

No entanto, é mais provável que o fator principal seja uma combinação das diferentes proteínas, pólens e outros compostos bioativos, portanto, a utilidade de focar em apenas um ingrediente pode ser questionável.

6. Pacífico Internacional Manuka Honey Resources

Verifique o preço na Amazon

A Pacific Resources faz um pote extra grande de 1,1 quilo de mel de manuka. Possui atividade biológica bastante sólida, medida em testes químicos padronizados, mas não é a melhor.

Porém, se você estiver usando mel de manuka para cozinhar ou para consumo diário regular, é difícil vencer, dado o grande volume de mel de manuka por recipiente.

7. Platinum Health One Manuka Honey

Verifique o preço na Amazon

O Platinum Health One Manuka Honey se destaca claramente como um produto de alta qualidade e possui a elegante garrafa de vidro de estilo designer para provar isso.

Infelizmente, este pode ser um caso de estilo em detrimento da substância: embora o mel manuka em si seja de alta qualidade, a pequena abertura na parte superior do frasco faz com que seja realmente difícil tirá-lo.

8. Ferida mel do Dr. Nordyke

Verifique o preço na Amazon

O Nordicke’s Wound Honey é um mel de manuka de tamanho pequeno que vem em um tubo de 30 ml. Ele foi projetado especificamente para curar feridas, mas a principal desvantagem deste suplemento é que sua classificação de atividade biológica é menor do que muitos de seus concorrentes, o que é exatamente o oposto do que você desejaria em um mel de manuka, feito especificamente para o tratamento de feridas. .

9. Manuka Honey do comerciante Joe

Verifique o preço na Amazon

O Manuka Honey do Trader Joe é originário da Nova Zelândia, mas a região específica da qual o mel Manuka vem não é divulgada.

Ele é superado por alguns de seus concorrentes quando se trata da concentração de pólen de manuka no mel, mas ainda é um produto de mel de manuka 100% bastante sólido.

10. Comvita Manuka Honey

Verifique o preço na Amazon

O Comvita Manuka Honey vem com uma classificação UMF alta, o que significa que sua potência antioxidante é forte, medida por um teste de laboratório padronizado.

No entanto, algumas pessoas acham que a garrafa não cumpre as 8,8 onças prometidas; portanto, é melhor procurar um fabricante diferente para garantir que você esteja recebendo a quantidade prometida de mel.

Quem deve comprar mel Manuka?

O mel Manuka é seguro para a maioria das pessoas e é uma ótima alternativa ao mel comum ou a outras doçuras. Devido às suas proezas antioxidantes e anti-inflamatórias, também é um poderoso creme e agente de cicatrização de feridas. Pessoas que sofrem de acne também verão benefícios do uso de mel de manuka.

Crianças menores de 2 anos não devem consumir mel de manuka em nenhuma circunstância.

Como Classificamos

Ao classificar o melhor mel de manuka, analisamos principalmente a classificação. Existem três classificações principais: UMF, MGO e KFactor. O Unique Manuka Factor (UMF) é o sistema de classificação padrão ouro reconhecido internacionalmente para avaliar a autenticidade, pureza e qualidade, pureza. É governado pela UMFHA (Unique Manuka Factor Honey Association).

O sistema de certificação UMF tem dois elementos. Primeiro, confirma que o produto em questão é genuíno. Segundo, atribui um número (conhecido como número UMF) que indica o nível dos principais compostos benéficos presentes no mel de manuka. A força da UMF pode variar de 5+ a 20+, com uma classificação mais alta indicando o produto mais potente. A classificação UMF também mede a quantidade de NPA (atividade antibacteriana não peróxida) presente no mel, que está diretamente relacionada entre si (se um mel Manuka tiver um NPA de 20, será UMF 20+). Para nossas classificações, exigimos uma classificação mínima de UMF de 5, mas produtos idealmente desejados, como o Kiva Raw Manuka Honey, com UMF de 15 ou superior, já que a maioria dos estudos foi realizada com esse nível de UMF.

MGO significa metilglioxal, que é um produto químico que ocorre naturalmente no mel Manuka. Foi descoberto pelo professor Thomas Henle e é considerado o ingrediente mágico que torna o Manuka Honey tão poderoso. Para nossos rankings, exigimos que todos os produtos, como o Manuka Doctor, tivessem um MGO de pelo menos 80, mas, idealmente, mais.

O sistema de classificação KFactor é bastante diferente do UMF e MGO, pois mede marcadores como enzimas vivas, DHA, contagem de pólen, níveis de pH, níveis de antioxidantes e compostos fenólicos. Infelizmente, ele não mede os níveis de MGO, NPA ou leptosperina, o que o torna um pouco menos confiável em termos de determinação de pureza e potência. Para nossos rankings, exigimos que todos os produtos tivessem um KFactor de 16 ou mais, como nossa escolha principal Wedderspoon.

O mel Manuka é frequentemente rotulado como “mel Manuka ativo”, que se refere aos efeitos antibacterianos produzidos pelo peróxido de hidrogênio. Isso é enganoso, pois todo mel, manuka, ou não, contém isso. Qualquer produto que não fosse 100% de mel de manuka foi imediatamente retirado. Além disso, como a planta manuka é nativa da Nova Zelândia, qualquer produto que não seja de lá também foi eliminado.

Benefícios do mel de Manuka e efeitos colaterais

O mel Manuka é um tipo de mel de abelha que só pode ser produzido na Nova Zelândia e, graças às altas concentrações de antioxidantes, proteínas e pólens, é um remédio herbal comum.

As pessoas o usam para tratar infecções, problemas de pele, problemas gastrointestinais e problemas de inflamação. Os praticantes de apiterapia, que usam ingredientes como mel, pólen de abelha e geléia real para fins medicinais, são consumidores ávidos de mel de manuka.

Algumas pessoas o aplicam diretamente na pele, enquanto outras o misturam com chá, smoothies ou shakes de proteína como um superalimento para aumentar seu status antioxidante. O que dizem as pesquisas científicas sobre o mel manuka? Vamos dar uma olhada.

Benefícios

O mel Manuka mostra forte atividade antibacteriana. O mel é conhecido por suas propriedades antibióticas, é por isso que o mel não tem data de validade.

Mas o mel manuka parece ser particularmente eficaz no combate a patógenos e foi estudado para essa habilidade em estudos científicos.

Um desses experimentos foi descrito no Journal of Applied Microbiology por dois pesquisadores da Universidade de Waikato, na Nova Zelândia (1)

O experimento envolveu testar por quanto tempo várias cepas de bactérias infecciosas seriam inibidas em diferentes concentrações de mel de manuka. Eles estudaram sete tipos diferentes de bactérias, que são agentes infecciosos comuns em feridas em humanos.

Os resultados mostraram resultados muito promissores para as soluções de mel manuka. As bactérias Staph, por exemplo, foram completamente inibidas por oito horas em concentrações de mel de manuka de apenas 1,8%.

A eficácia nessa baixa concentração ajuda a entender que o mel de manuka pode ser útil além da aplicação na superfície da pele.

Como os compostos ativos do mel de manuka se difundem em uma ferida ou em seu corpo, eles necessariamente ficam mais diluídos, mas este estudo indica que mesmo quando diluído mais de cinquenta vezes a força total, o mel de manuka retém uma forte atividade antibacteriana.

O mel Manuka é mais eficaz no combate à infecção do que o mel comum. Embora os efeitos do mel manuka sejam impressionantes, o mel regular também mostra efeitos antibacterianos. Mel manuka é melhor?

Um estudo científico publicado em 1999 no Journal of the Royal Society of Medicine procurou responder a essa pergunta (2)

O experimento se concentrou especificamente nas bactérias Staphylococcus Aureus, que é de particular interesse médico, graças à sua propensão a desenvolver resistência aos antibióticos convencionais.

O experimento envolveu o teste de 58 cepas diferentes da bactéria Staphylococcus Aureus em uma variedade de concentrações de mel regular e mel de manuka.

Os resultados mostraram que praticamente todas as cepas bacterianas foram inibidas em concentrações regulares de mel de 3-4%.

O mel Manuka, por outro lado, exigia apenas uma concentração de 2-3% para inibir o crescimento bacteriano, o que sugere que ele contém propriedades antibacterianas particularmente eficazes, mesmo em comparação com o mel comum.

Alguns pesquisadores atribuem isso a uma propriedade chamada “atividade antibacteriana não peróxida”. Um estudo publicado na revista Food Chemistry em 2004 usou uma variedade de técnicas químicas para neutralizar o peróxido de hidrogênio, um dos compostos antibacterianos encontrados no mel comum e no mel manuka (3)

Mesmo após a neutralização do peróxido de hidrogênio, os compostos restantes no mel de manuka mostram fortes tendências antibacterianas, sugerindo que há algo especial sobre os compostos no pólen da árvore ou nas flores de manuka que conferem ao mel de manuka suas propriedades únicas.

O mel Manuka pode ser usado para melhorar os problemas gastrointestinais relacionados à inflamação. Pessoas que sofrem de síndrome do intestino inflamatório (SII) e doenças relacionadas como a doença de Crohn costumam achar o mel manuka útil para reduzir a gravidade de seus sintomas.

Existem algumas explicações científicas possíveis para isso. Uma possibilidade é que o mel manuka esteja melhorando a qualidade da flora intestinal, graças aos efeitos antibióticos seletivos que eliminam as bactérias ruins e permitem que as boas prosperem.

Essa hipótese foi encaminhada por um estudo publicado em 2006 que usava o mel para alterar as bactérias intestinais de ratos de laboratório (4) O estudo mostrou que o consumo prolongado de mel foi capaz de reduzir os níveis de bactérias e fungos prejudiciais no trato gastrointestinal dos ratos.

Outra pesquisa em animais propôs, em vez disso, que o mel manuka induz uma reação anti-inflamatória e antioxidante. Um estudo publicado por pesquisadores da Índia mostrou que o mel de manuka foi capaz de desempenhar um papel benéfico na redução da gravidade de um modelo animal de colite ulcerosa, outro problema gastrointestinal relacionado à inflamação (5)

Qualquer que seja a razão biológica, parece haver pelo menos evidências circunstanciais de que o mel de manuka pode desempenhar um papel benéfico na regulação da saúde gastrointestinal, seja promovendo probiótico crescimento e supressão de bactérias “ruins” ou pela redução direta da inflamação e danos oxidativos.

Efeitos colaterais

O mel de Manuka não é conhecido por ter efeitos adversos diretos, quando tomado por via oral ou quando aplicado na pele.

Como qualquer material vegetal que contenha suplemento, existe uma pequena possibilidade de reação alérgica, mas, além disso, os únicos riscos associados ao manuka mel são as conseqüências de não procurar tratamento para algo sobre o qual você deve consultar um médico.

Embora o mel manuka tenha propriedades antibacterianas e anti-inflamatórias, não é uma cura para tudo; portanto, se você tem uma ferida, ferida ou outro problema médico, ainda deve consultar seu médico.

Quando tomado por via oral, o único efeito adverso adicional com que se preocupar é o teor de açúcar, mas você precisará ingerir um pouco de mel de manuka para que o teor de açúcar comece a desempenhar um papel importante em sua ingestão geral de açúcar na dieta.

Dose recomendada

Poucos estudos prescreveram doses exatas, provavelmente porque grande parte da pesquisa científica se concentra nos efeitos celulares do mel manuka, por isso não é fácil traduzir essas descobertas em doses tangíveis.

Para tratar uma área topicamente (na pele), o uso de mel de manuka apenas o suficiente para obter uma boa cobertura da área afetada deve obter os melhores resultados.

Tomar manuka mel por via oral para problemas gastrointestinais é mais uma área cinzenta quando se trata de dosagem, porque não há diretrizes claras da pesquisa científica.

Algumas descobertas sugerem que doses baixas (apenas alguns gramas de cada vez) podem ser eficazes, enquanto outras pesquisas argumentam que você não verá benefícios a menos que sua ingestão seja muito alta (50 a 80 gramas de mel por vez) (6)

A melhor abordagem é provavelmente começar com uma dose pequena, digamos 5 a 10 gramas, e acelerar se você não estiver obtendo os resultados desejados.

Perguntas frequentes

O que há de tão especial no mel Manuka? Ao contrário de muitas dietas da moda e suplementos, o mel de manuka tem sido associado a benefícios positivos para a saúde quando usado conforme recomendado. O benefício mais substancial do mel manuka é sua capacidade de curar feridas e tratar infecções. O mel não apenas impede a propagação da infecção, mas também ajuda o tecido a se regenerar e curar a ferida em geral.

Devido às habilidades antibacterianas do mel manuka, há também uma conexão entre consumir o mel e uma quantidade reduzida de bactérias na boca, o que pode resultar em uma maior saúde bucal. O mel Manuka também pode fornecer tratamento para dores de garganta e infecções na garganta. Também há evidências de que o mel manuka possui um nível decente de antioxidantes em todas as porções. Assim, além de poder tratar infecções e condições atuais, o mel de manuka pode ajudar a prevenir doenças e enfermidades a longo prazo.

Qual é a diferença entre manuka honey e regular honey? A diferença entre o mel manuka e o mel regular é a fonte de néctar usada na fabricação do mel. Ao produzir mel regularmente, as abelhas polinizam as flores locais e produzem o mel nas colméias. As flores usadas nesse processo variam, e o objetivo final é apenas criar mel. No entanto, o mel manuka é criado a partir do néctar da planta manuka, que é nativa da Nova Zelândia.

É mais fácil fazer manuka ou mel regular? É muito mais fácil produzir mel comum do que o manuka. Isso ocorre porque o mel comum tem menos requisitos (não precisa de uma flor específica) e também pode ser produzido em todo o mundo, e não onde a planta manuka está (Nova Zelândia).

Por que o mel Manuka é tão caro? Existem várias razões pelas quais o mel manuka é tão caro e todos se relacionam com a dificuldade de cultivá-lo. O mais significativo é o fato de que o mel de manuka não é comum e a única maneira de recuperar o mel de manuka é garantir que as abelhas que o criam estão polinizando a planta de manuka.

Ao contrário do mel comum, o mel manuka não pode ser colhido durante todo o ano. Isso se deve ao fato de a planta manuka florescer apenas algumas semanas por ano, limitando severamente o suprimento potencial de mel, em comparação com o mel comum. Há uma oferta significativamente menor de mel de manuka, que, por sua vez, causa um valor mais alto.

O motivo final para o preço elevado do mel de manuka é o local real em que o mel é produzido. Como o mel de manuka só é realmente encontrado na Nova Zelândia e na Austrália, isso exige trabalho extra para cultivar o mel e um custo mais alto para transportá-lo em todo o mundo.

Por que o mel manuka é tão saudável? O mel Manuka é saudável devido aos seus efeitos antibacterianos e anti-inflamatórios. Não apenas você pode usar o mel no chá ou como substituto do mel regular nas receitas de alimentos, mas também pode usar a substância para tratar feridas e reduzir infecções no corpo. Também existem antioxidantes encontrados no mel manuka, que podem ajudá-lo a combater infecções e doenças. Como o mel de manuka é um subproduto do néctar da planta de manuka, seria preciso supor que os benefícios do mel de manuka são o resultado da planta de manuka.

Quanto mel de manuka você deve comer por dia? Se você deseja receber a quantidade máxima de benefícios de saúde do mel manuka, recomenda-se 1-2 colheres de sopa por dia. No caso do mel de manuka, mais pode ser melhor, mas pode ficar caro tanto financeiramente quanto metabolicamente, pois não é um alimento sem calorias.

O mel manuka vale o preço elevado? Se você está simplesmente querendo adicionar mel ao chá ou a outros alimentos, o preço do mel manuka provavelmente não vale a pena. No entanto, se você está interessado em consumir mel de manuka para obter benefícios à saúde ou deseja usar o mel em sua pele para tratar problemas de pele e feridas, o mel de manuka pode valer o custo extra.

Qual o sabor do mel manuka? Muitos descrevem o sabor do mel manuka como algo amargo, enquanto outros acreditam que o mel manuka tem um sabor relativamente doce. O sabor do mel manuka varia de acordo com a pontuação UMF do próprio mel. A UMF é uma maneira de classificar a potência do mel manuka com notas baixas com notas mais baixas e notas altas com notas de 16 ou mais.

Como você pode usar mel manuka? O mel Manuka é popular tanto como aditivo alimentar quanto como tratamento medicinal totalmente natural. Você pode usar o mel na superfície da pele para tratar infecções e feridas leves ou reduzir a inflamação nas condições da pele. A planta manuka também tem vários usos além do mel. Quando consumidos ou inalados, os produtos manuka demonstram reduzir a gravidade dos resfriados da cabeça, diminuir a febre e tratar a rigidez muscular e as dores nas articulações. No geral, a planta de manuka é altamente benéfica como método de tratamento para muitos problemas e condições de saúde.

Onde você pode comprar mel manuka? Se você deseja comprar manuka em uma loja, provavelmente precisará ir a uma loja especializada em saúde e bem-estar para encontrá-lo. A maioria dos locais que vendem mel de manuka são lojas on-line especializadas em ervas ou varejistas tradicionais como a Amazon.

Ao contrário do mel comum, você não pode simplesmente ir ao seu apicultor ou fazenda local para comprar o produto, porque o mel manuka vem da Nova Zelândia e não é produzido em nenhum lugar da América do Norte. Qualquer pessoa que tente vender mel de manuka dos Estados Unidos ou do Canadá está vendendo um produto falso para você.

Qual é a melhor maneira de armazenar mel manuka? A melhor maneira de armazenar mel de manuka é em um local fresco e seco. O mel Manuka, como o mel comum, pode durar para sempre quando armazenado adequadamente.

O mel manuka é bom para a pele? Embora ainda não tenha sido estudado em profundidade, existe a possibilidade de que o mel de manuka possa ser útil para a pele e até tratar doenças comuns da pele. A condição mais comum tratada com mel de manuka é a acne, com aqueles que a usam experimentam inflamação reduzida da pele e menos detritos no rosto.

Ao usar mel manuka em sua pele, você pode usá-lo para lavar a pele ou usá-lo como uma espécie de máscara facial. O mel Manuka também pode melhorar a retenção de umidade na pele, mas são necessárias mais pesquisas para confirmar isso.

O mel manuka vem de flores manuka? O mel Manuka vem das flores manuka da planta manuka. No entanto, a planta em si não produz o mel, mas as abelhas que polinizam a planta. Quando as abelhas colhem o néctar da flor de manuka, elas usam o néctar para criar mel dentro da colméia.

O mel manuka mata bactérias? O mel regular tem sido usado como agente cicatrizante e solução antibacteriana há milhares de anos. Depois que o mel de manuka se tornou cada vez mais popular nos últimos anos, os cientistas começaram a pesquisar semelhanças entre o mel comum e o mel de manuka. Após testar o mel de manuka como tratamento antibacteriano para infecções bacterianas, os cientistas descobriram que o mel de manuka é bastante eficaz na destruição de bactérias em seres humanos. Em particular, o mel de manuka reduz o número de bactérias no local da ferida e até impede o crescimento adicional de bactérias no corpo (7, 8)

Outros estudos foram significativamente mais detalhados, reconhecendo que o mel de manuka não apenas reduz o crescimento de bactérias, mas também acelerou o processo de cicatrização de feridas e ajudou na regeneração dos tecidos durante a cicatrização (9)

Muitos profissionais médicos e cientistas concordam que o mel de manuka é uma opção viável se você estiver procurando tratar bactérias em feridas. No entanto, você deve monitorar a gravidade da ferida e determinar se o mel de manuka (em oposição a antibióticos ou outros medicamentos) é a melhor opção para sua ferida.

O mel de manuka é seguro para crianças pequenas? Se a criança tiver mais de 18 meses de idade, não deve haver preocupação quando se trata de consumir mel de manuka. Como o mel comum, há um risco associado ao fornecimento de mel de manuka para o seu filho, particularmente um risco aumentado de botulismo. Embora essa bactéria não cause problemas na pessoa comum, uma criança com um sistema imunológico ainda em formação pode ser incapaz de combater essa bactéria. Essa doença é potencialmente fatal em bebês e crianças pequenas, razão pela qual é recomendável evitar o consumo de mel para o bebê com 18 meses ou menos.

O que é manuka? O mel Manuka é um produto proveniente da planta manuka. A planta é nativa das áreas da Austrália e Nova Zelândia, mas os produtos feitos a partir das plantas são utilizados em todo o mundo. Embora seja mais popular por seu mel, a planta manuka também é responsável por produtos que auxiliam no tratamento de resfriados, queimaduras e dores musculares.

O mel manuka pode ser usado para tratar infecções? Embora você não deva depender do mel de manuka para curar uma infecção grave ou curar uma ferida rapidamente, muitas pesquisas determinaram que o mel de manuka é eficaz no tratamento de infecções e na cicatrização de feridas.

Se você estiver interessado em usar o mel de manuka para tratar uma infecção, verifique se a infecção e a ferida não são extremamente graves e não requerem antibióticos poderosos para tratá-los completamente.

Quando aplicado a uma ferida, o mel manuka ajuda a livrar a ferida de detritos nocivos, mantém a ferida hidratada para melhorar a cicatrização e reduz a quantidade de inflamação na ferida e na área circundante (10)

O mel de manuka é cru? Mel cru é qualquer mel que vem diretamente da colméia, sem aditivos e processamento. De um modo geral, o mel de manuka não é cru e passa pelo processamento em algum momento antes de ser vendido.

Artigos relacionados

  • Querida
  • Mel de eczema

Recapitular

O mel Manuka é um tipo especial de mel que tem efeitos antibacterianos particularmente fortes. Muitas pessoas capitalizam essas propriedades para usar mel de manuka em feridas, feridas, infecções e bolhas.

Também é um forte agente antioxidante e anti-inflamatório, que levou ao seu uso na melhoria de problemas gastrointestinais relacionados à inflamação intestinal.

É muito bem tolerado, sem efeitos adversos relatados. Ao aplicar mel de manuka na pele, uma camada de mel de espessura média sobre a área afetada é uma “dosagem” eficaz.

Para uso interno, as recomendações de dosagem variam amplamente, mas começar com 5 a 10 gramas e aumentar com o tempo, se você não vir os resultados desejados, é uma abordagem inteligente a ser adotada.

Graças a uma combinação única das propriedades químicas da árvore manuka e do processo biológico que ocorre quando seu néctar é transformado em mel, você pode aproveitar os benefícios da manuka para tratar feridas, combater infecções e melhorar a saúde gastrointestinal.

Para a recomendação nº 1 de mel manuka do Body Nutrition, clique em aqui.

Fonte

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.