Quais são os benefícios da biotina para a saúde

0
50

A biotina é uma vitamina B encontrada nos alimentos. Ajuda o corpo a converter alimentos em energia e desempenha muitos outros papéis importantes na saúde.

A biotina melhora a saúde do cabelo e das unhas, apoia uma gravidez saudável e ajuda a controlar os níveis de açúcar no sangue, entre outros benefícios.

Este artigo descreve sete funções que a biotina desempenha no corpo. Ele também explora as fontes alimentares da vitamina e as considerações de segurança.

O que é biotina?

A biotina é solúvel em água. O corpo não armazena vitaminas solúveis em água, então as pessoas precisam absorvê-las de suas dietas.

A biotina é necessária para o funcionamento de várias enzimas conhecidas como carboxilases. Fazem parte de processos metabólicos importantes, como a produção de glicose e ácidos graxos.

Office of Dietary Supplements recomenda a seguinte ingestão de biotina por dia:

  • 30 microgramas (mcg) para adultos, incluindo durante a gravidez
  • 35 mcg durante a amamentação

A deficiência de biotina é bastante rara. No entanto, algumas pessoas – como mulheres grávidas e pessoas que bebem grandes quantidades de álcool – podem desenvolver deficiências leves.

Além disso, comer ovos crus regularmente pode causar deficiência de biotina, porque a clara de ovo crua contém uma proteína chamada avidina que se liga à biotina, impedindo que o corpo a absorva. Cozinhar os ovos desativa sua avidina.

Benefícios e função

A biotina desempenha uma série de papéis importantes no corpo, incluindo:

Quebrando macronutrientes

A biotina ajuda o corpo a converter alimentos em energia – ela suporta uma série de enzimas envolvidas na quebra de carboidratos, gorduras e proteínas.

Especificamente, a biotina está envolvida em:

  • Gliconeogênese : É a síntese de glicose de outras fontes que não carboidratos, como aminoácidos, e enzimas contendo biotina ajudam a iniciar esse processo.
  • Síntese de ácidos graxos : a biotina auxilia as enzimas que ativam reações que são importantes para a produção de ácidos graxos.
  • Quebra de aminoácidos : Enzimas que contêm biotina estão envolvidas no metabolismo de vários aminoácidos importantes, incluindo a leucina.

Apoiando a saúde das unhas

Unhas quebradiças são frágeis e facilmente se partem ou racham. A deficiência de biotina pode causar unhas quebradiças.

Para pessoas com essa deficiência, tomar suplementos que contenham biotina pode melhorar a resistência das unhas.

Mudar a dieta e outros fatores de estilo de vida pode ajudar a melhorar a saúde das unhas, assim como alguns produtos comerciais.

Aumentando a saúde do cabelo

A dieta alimentar pode desempenhar um papel importante na saúde da pele e do cabelo. Por exemplo, alguns alimentos para cabelos saudáveis incluem ovos, castanhas do Brasil e peixes gordurosos.

Muitos produtos para cabelo que prometem estimular cabelos mais fortes e saudáveis ​​contêm biotina. A deficiência de biotina pode levar à queda de cabelo , o que indica que a vitamina está envolvida em manter o cabelo saudável.

No entanto, poucas pesquisas relacionaram a vitamina à saúde do cabelo em pessoas que não têm deficiências de biotina.

Apoiando a gravidez e a amamentação

A biotina é muito importante para mulheres grávidas ou amamentando.

Embora a deficiência sintomática de biotina seja rara, baixos níveis de biotina são comuns durante a gravidez.

Na verdade, cerca de 50% das mulheres grávidas nos Estados Unidos podem ter pelo menos uma deficiência leve. Esse nível de deficiência pode afetar a saúde de uma pessoa, mas não o suficiente para causar sintomas perceptíveis.

Os profissionais de saúde acreditam que essa deficiência é comum entre as mulheres grávidas porque o corpo decompõe a vitamina mais rapidamente durante a gravidez.

Como resultado, uma mulher grávida pode precisar de mais biotina – da dieta ou de suplementos – do que uma mulher que não está grávida.

Dito isso, é importante consultar um profissional de saúde antes de tomar suplementos durante a gravidez ou amamentação.

Reduzindo o açúcar no sangue em pessoas com diabetes

O diabetes tipo 2 é uma condição metabólica caracterizada por níveis elevados de açúcar no sangue e função insuficiente da insulina .

A deficiência de biotina pode interromper a regulação do açúcar no sangue, ou glicose. Algumas evidências mostram que os níveis de biotina no sangue podem ser mais baixos em pessoas com diabetes.

Estudos em animais sugeriram que suplementos contendo biotina e picolinato de cromo podem prevenir a resistência à insulina.

Os pesquisadores também estudaram como os suplementos de biotina afetam os níveis de açúcar no sangue em pessoas com diabetes tipo 2. Os resultados foram mistos, mas alguns estudos mostraram que tomar biotina e picolinato de cromo pode ajudar a tratar o diabetes tipo 2.

No geral, a compreensão completa dos efeitos da biotina no diabetes e no controle do açúcar no sangue exigirá mais pesquisas de alta qualidade.

Aumentando a saúde da pele

Os cientistas não entendem totalmente o papel da biotina na manutenção da pele saudável. No entanto, pessoas com deficiência de biotina podem ter problemas de pele, incluindo erupções cutâneas escamosas e vermelhas.

Algumas pessoas também acreditam que a biotina pode ajudar a melhorar a psoríase .

A influência da vitamina na pele pode resultar de seu efeito no metabolismo da gordura. Esse processo é importante para manter a pele saudável e pode ser prejudicado em pessoas com baixos níveis de biotina.

É importante notar que nenhuma evidência mostra que a biotina melhora a saúde da pele em pessoas que não têm deficiência da vitamina.

Apoio ao tratamento de EM

A esclerose múltipla (EM) é uma doença auto-imune. Ele danifica a cobertura protetora das fibras nervosas no cérebro, medula espinhal e olhos.

Essa cobertura protetora é chamada de mielina, e a biotina pode desempenhar um papel importante em sua produção.

Estudos mostraram que pessoas com EM respondem positivamente a doses diárias de biotina de até 300 miligramas (mg) . Essa suplementação pode reverter a progressão da doença e reduzir a incapacidade crônica.

Fontes

A biotina existe em uma ampla variedade de alimentos, o que ajuda a explicar por que a deficiência da vitamina é bastante rara.
Alimentos que são particularmente ricos em biotina incluem:

  • carnes de órgãos, como fígado e rim
  • fermento
  • gemas de ovo
  • queijo
  • leguminosas, como soja e amendoim
  • folhas verdes
  • couve-flor
  • cogumelos
  • nozes e manteigas de nozes

Além disso, as bactérias intestinais produzem alguma biotina.

Algumas pessoas tomam suplementos que contêm biotina isolada ou em uma combinação de vitaminas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.