Benefícios psicológicos da amamentação

0
141

Amamentar seu bebê não só nutre você fisicamente, mas também emocionalmente. Os benefícios psicológicos da amamentação são numerosos e seu impacto não se limita aos primeiros meses ou anos de vida. A impressão gerada afeta a pessoa até a idade adulta.

O valor nutricional da amamentação é inquestionável, mas, além disso, tem grande repercussão no nível psíquico. Depois de nove meses abrigados em um ambiente seguro e confortável, o bebê é expulso para um mundo avassalador cheio de luzes desconhecidas, sons e cheiros.

A criança precisa da presença física contínua de sua mãe e da garantia de que ela ainda está lá para satisfazer suas necessidades. Agora mesmo, O peito se torna para a criança carinho, conforto e proteção.

Segurando a criança nos braços, pele com pele e amamentação, ele percebe os mesmos estímulos familiares que recebeu dentro do útero. Sinta a respiração e o batimento cardíaco da sua mãe fornecer-lhe uma sensação de continuidade da vida antes e depois do nascimento.

O bebê se sente, então, confortado, confortável e calmo. Enquanto amamenta, ela sabe que é amada e protegida por sua mãe, e experimenta a certeza de que ela está ao seu lado enquanto se adapta a esse novo mundo.Benefícios psicológicos da amamentação

Benefícios psicológicos da amamentação para o bebê

Os efeitos benéficos da amamentação se estendem até a idade adulta, porque uma impressão psicológica positiva é gerada. Por causa disso, o bebê gera representações mentais do mundo como um lugar seguro e amigável, e de seus pais como fonte de afeto e confiança.

Mas o que, especificamente, são os benefícios psicológicos da amamentação?

  • O vínculo emocional entre mãe e filho é reforçado e fortalece graças à amamentação. Esse elo ajudará a criança a desenvolver uma afetividade segura e adequada e a sofrer menos estresse. Além disso, beneficiará seu desenvolvimento cognitivo, já que o aprendizado ocorre mais facilmente se houver proximidade emocional com o adulto.
  • Os bebês que foram amamentados desenvolvem maior autoconfiança, autoestima e autonomia.
  • Eles manifestam um melhor manejo emocional. Isso se traduz em uma capacidade saudável de mostrar afeição aos outros, boas habilidades para gerenciar o estresse e uma atitude mais positiva em relação à vida.
  • Da mesma forma, essas crianças mostram uma melhor adaptação social. Eles têm boas habilidades de comunicação e são capazes de estabelecer laços emocionais apropriados. Portanto, a qualidade e a estabilidade de suas relações sociais são maiores.

Benefícios psicológicos da amamentação para a mãe

O pós-parto é um momento complicado para a mãe. É o culminar de muitas etapas e traz consigo expectativas e medos. As alterações hormonais que ocorrem podem aumentar ainda mais a intensidade das experiências.

Entretanto, a amamentação pode ajudar muito nesse processo de adaptação à maternidade. Amamentar o bebê ajudar muitas mulheres a se ressegurarem como mães capazes, aumentando sua auto-estima e dissipando muitas das suas dúvidas sobre si mesmos.

Por outro lado, é benéfico para diminuir o estresse emocional e a ansiedade típico destes primeiros meses, reduzindo significativamente o risco de depressão pós-parto.Benefícios psicológicos da amamentação

Aspectos a considerar

Aleitamento materno prolongado

Apesar do tabu social que existe em torno do aleitamento materno prolongado, não apresenta qualquer contraindicação. O bebê não se tornará dependente e não muito autônomo por continuar amamentando. depois de dois anos de idade.

Pelo contrário, um Desmame respeitoso, progressivo e orientado pela maturação da criança Isso impedirá que você sofra a ansiedade de ter que desistir da amamentação antes de estar preparado.

Toda mãe é um mundo

A amamentação é o meio ideal de alimentação para o bebê, desde que seja uma experiência feliz e gratificante tanto para a criança quanto para a mãe. sim angústia ou sofrimento, é preferível optar por outras opções.

Da mesma forma, se a amamentação não pudesse ser estabelecida podemos obter muitos dos benefícios psicológicos Praticando muito contato físico com o bebê. Carregue seu filho em seus braços o máximo possível e mantenha-o preso ao seu peito. Isso fará com que ele se sinta amado e protegido.

Fonte

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here